Você está aqui: Página Inicial > Contents > Notícias > Siune participa de Encontro sobre Música e Inclusão (EMI)
conteúdo

Notícias

Siune participa de Encontro sobre Música e Inclusão (EMI)

Evento será realizado de 29 de maio a 1º de junho, na UFRN; tema da sétima edição é "Políticas públicas e pessoas com deficiência”
publicado: 24/05/2019 07h33, última modificação: 24/05/2019 08h13

A Seção de Inclusão de Usuários com Necessidades Especiais (Siune), da Biblioteca Central da Universidade Federal da Paraíba (BC/UFPB), participará do VII Encontro sobre Música e Inclusão (VII EMI), que será realizado no período de 29 de maio a 1º de junho, na Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em Natal. A sétima edição do evento tem como tema "Políticas públicas e pessoas com deficiência: práticas inclusivas e perspectivas de ação".

Vinculada à Divisão de Serviços ao Usuário (DSU), a Siune estará representada pelos dois servidores do setor: o bibliotecário Josenildo Costa (chefe da seção) e a revisora de textos braille Rafaella Meira Prado. Eles viajarão na terça-feira (28). No mesmo dia, visitam o Laboratório de Acessibilidade da UFRN. Na quinta-feira (30), Josenildo e Rafaella apresentarão trabalho intitulado “Inclusão de pessoas com deficiência visual na Biblioteca Central da UFPB: relatos da Seção de Inclusão de Usuários com Necessidades Especiais”.

Para Josenildo Costa, o evento é uma excelente oportunidade para sacramentar mudanças na política de inclusão social, combatendo preconceitos de modo incisivo e desmistificando competências e limitações dos deficientes visuais. "É também uma chance que temos para fazer o intercâmbio de ideias em prol das pessoas com deficiência, como, por exemplo, por meio do trabalho que desenvolvemos na Biblioteca Central da UFPB e que apresentaremos no VII EMI", disse o chefe da Seção de Inclusão de Usuários com Necessidades Especiais da BC.

De acordo com organizadores do VII Encontro sobe Música e Inclusão (logotipo à direita), o debate se insere no contexto de consolidação da legislação voltada para a inclusão social de pessoas com deficiência no Brasil e que esse esforço deve envolver todos os setores da sociedade. Cabe aos poderes governamentais, iniciativa privada e instituições do terceiro setor alinhar-se e provocar mudanças de paradigmas que são cruciais à inclusão, destacando-se, ainda, a criação de condições institucionais e organizacionais que viabilizem a sua permanência nos respectivos ambientes de aprendizagem e de trabalho.

A organização do evento espera que as atividades do VII EMI alcancem os seguintes objetivos:

- Refletir junto à comunidade educativa e estudantil sobre as conquistas e novos desafios da formulação e implementação de políticas públicas inclusivas e da transversalidade da inclusão no escopo dessas iniciativas;

- Ampliar as discussões, abrangendo outros tipos de necessidades educacionais especiais, vislumbrando novos caminhos para uma inclusão real, efetiva e eficaz;

- Traçar novos caminhos e possibilidades para o delineamento de políticas públicas inclusivas e da educação musical para pessoas com deficiência a partir do compartilhamento de ideias, produtos, metodologias e experiências de atores sociais diversos – profissionais dos setores público, privado e do terceiro setor, acadêmicos e pesquisadores (com e sem deficiência), inseridos nas áreas da educação musical especial e inclusiva, tecnologia assistiva, acessibilidade, gestão de políticas, prestação de serviços públicos etc;

- Desenvolver a pesquisa na área da música e educação especial/inclusiva, divulgando projetos e pesquisas que vêm sendo desenvolvidos pela EMUFRN e outras instituições em relação à acessibilidade cultural e de educação musical de pessoas com deficiência e seus desdobramentos.

Mais informações na página oficial do evento: emiufrn.wordpress.com         

Participação de Josenildo Costa:

Oficina 1 – Musicografia Braille

Ministrantes: Catarina Shin, Vilson Zattera e Jonatas Souza.

Realização: 29 de maio (8 às 12h – Introdução à Musicografia Braille), 30 de maio (8 às 10h – Particularidades da escrita para violão, 17 às 19h – Particularidades da escrita para canto) e 31 de maio (8 às 10h – Particularidades da escrita para piano)

Número de vagas: 20 vagas

Descrição da oficina: a oficina apresentará os principais conceitos da grafia musical em Braille, a Musicografia Braille, abordando as regras e normas que norteiam tal escrita. A atividade destina-se a qualquer pessoa que tenha conhecimento básico sobre a teoria musical e possua interesse sobre a temática, deficiente visual ou não. Apoiando-se na ação prática da escrita e leitura Braille, a oficina objetiva agregar conhecimento mínimo necessário para que o aluno possa produzir pequenas canções a uma só voz melódica.

Oficina 6 – Introdução à técnica vocal para o trabalho pessoas com deficiência

Ministrante: Cláudia Roberta da Cunha e Adriano Bento

Realização: 29 de maio (14 às 17h)

Número de vagas: 20 vagas

Descrição da oficina: a oficina pretende tornar acessível o conhecimento e prática da técnica vocal e do canto para pessoas com deficiência visual. A proposta se refere a uma adaptação da metodologia para videntes – ensinada por exemplos visuais, verbais e orais – para exemplos que sejam transmitidos por meio do tato, da fala e da audição.

Participação de Rafaella Meira Prado:

Oficina 3 – Acessibilidade informacional: adaptação de materiais

Ministrantes: Camilo Leite e Fernando Medeiros

Realização: 29 de maio (8 às 12h)

Número de vagas: 12 vagas

Oficina 7 – Recursos e técnicas para inclusão de alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Ministrantes: Liana Monteiro, Joyce Dayane dos Santos Mata e Raiane Silmara Nascimento e Luana Kalinka Cordeiro Barbosa

Realização: Turma 1: 29 de maio, 14 às 18h;  Turma 2: 30 de maio, 14 às 18h

Número de vagas: 30 vagas

Descrição da oficina: o minicurso tem como objetivo ampliar a compreensão do Transtorno do Espectro Autista e sua relação com a música, apresentando diferentes estratégias e possibilidades para o ensino da linguagem musical por meio de tecnologia assistiva de baixo custo; que serão apresentados, discutidos e elaborados pelos participantes. Conteúdos: Transtorno do Espectro Autista (Definição e principais características); educação musical inclusiva; tecnologias assistivas; estratégias e adaptações de atividades musicais.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

29/maio

8 às 12h | Oficinas

Oficina 1: Musicografia Braille

Oficina 2: Psicomotricidade, deficiência e inclusão

Oficina 3: Acessibilidade informacional: adaptação de materiais

12h | Intervalo para almoço

14 às 18h | Oficinas

Oficina 4: Dance Ability

Oficina 6: Introdução à técnica vocal para o trabalho pessoas com deficiência

Oficina 7: Recursos e técnicas para inclusão de alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Oficina 8: Processos de ensino-aprendizagem musical na EaD

18h | Apresentação musical: GRUPERC

18h30 | Mesa de autoridades e Abertura do VII Encontro sobre Música e Inclusão

Ângela Maria Paiva Cruz (Reitora UFRN)

José Daniel Diniz Melo (Vice-reitor UFRN)

Fátima Ximenes (Proex)

Ricardo Lins (Presidente CAENE)

Jean Joubert Freitas Mendes (Diretor EMUFRN)

Catarina Shin (Coordenadora Geral SEMBRAIN / VII EMI)

19h | Conferência de Abertura do VII EMI

“Perspectivas de políticas de inclusão na rede federal”

Conferencista: Franclin Costa do Nascimento (IFB)

Debatedor: Zilmar Rodrigues de Souza (UFRN/CONDETUF)

20h | Concerto de Abertura do VII EMI

Concerto com Elke Beatriz Riedel (Canto), Nan Qi (Piano) e Coral ViVendo o Canto

30/maio

8h30 | Apresentação Musical: Orquestra de Violões

9h | Palestra

"Marcos regulatórios e inclusão: pessoas com deficiência na formulação

de políticas públicas"

Palestrante: Fábio Gaburri (UERN)

Debatedor: David Barbalho Pereira (UFRN)

10h | Mesa redonda

"Cidades inclusivas: iniciativas locais na promoção da inclusão de

pessoas com deficiência"

Palestrantes: Gleice Virgínia M. de Azambuja Elali (DArq/UFRN)

Mediador: Daniel Silva (Semtas/Prefeitura Municipal de Natal)

11h30 | Sessão Temática de apresentação de trabalhos

Modalidade Pôster científico

12h30 | Intervalo para o almoço

13h30 | Apresentação Musical: Musicalização UP

14h | Mesa redonda

“Nada sobre nós sem nós”: a participação social das pessoas com

deficiência no desenho e implementação de políticas públicas inclusivas

Conferencistas: Bráulio Ferreira da Costa, Luiz Amorim de Freitas e

Joiran Medeiros

Mediadora: Elke Beatriz Riedel (EMUFRN)

15h | Oficina

Oficina 9: Oficina de criatividade para crianças

15h30 | Mesa redonda

"Ensinando música ao aluno surdo: possibilidades de ação pedagógica"

Conferencistas: Fábio Bonvenuto, Radamir Sousa e Gueidson Pessoa

Mediadora: Thaise Cristina Matias (IFCE)

17h | Sessão Temática de apresentação de trabalhos

Modalidade Comunicação oral

18h | Apresentação Musical: Banda Braille

19h | Oficina

Oficina 5: Música e Movimento na Educação Básica: perspectivas de

ações inclusivas

31/maio

8h | Oficina

Oficina 1 : Musicografia Braille – escrita para piano

08h30 | Apresentação musical: Duo de Violões - Gessé Araújo e José Silva

9h | Palestra

"Por onde começa a inclusão?: diálogo e improviso na (re)construção curricular do ensino de música"

Conferencista: Dra. Maristela Mosca (NEI-CAp/UFRN)

10h | Mesa redonda

“O papel das organizações da sociedade civil na promoção de

políticas públicas inclusivas"

Conferencistas: Anailson Marcio Gomes (Associação Síndrome de Down do RN)

Adriana Maia (APAARN) e Lúcia Maria da Silva (ADEVIRN)

Mediadora: Andreza Barbosa de Luna Soares (IFRN)

11h30 | Sessão Temática de apresentação de trabalhos

Modalidade Pôster científico

12h30 | Intervalo para o almoço

13h30 | Apresentação musical: Trio Jampa Koto (UFPB)

14h | Mesa redonda

“Inclusão de pessoas com deficiência no contexto das Instituições

Federais de Ensino Superior (IFES)”

Conferencistas: Maria Aida Barroso (UFPE), Francisco Ricardo Lins (UFRN),

Ms. Catarina Shin (UFRN)

Mediadora: Cláudia Roberta de Oliveira Cunha (EMUFRN)

15h30 | Mesa redonda

"Música e educação especial / inclusiva: panorama da pesquisa na UFRN"

Conferencistas: Ms. Liana Monteiro (EMUFRN), Ítalo Soares da Silva (EMUFRN),

Maurício Eslabão da Fonseca (EMUFRN), Ms. Edibergon Varela (EMUFRN) e

Pâmela Araújo de Moura (EMUFRN)

Mediadora: Profa. Dra. Tamar Genz Gaulke (EMUFRN)

17h | Sessão Temática de apresentação de trabalhos 

Modalidade Comunicação Oral

18h | Apresentação musical: Grupo Som Azul

19h | Oficina

Oficina 10: Formação e prática de uma Banda de Acessibilidade Total

01/junho

08h | Apresentação musical: Grupo Esperança Viva

08h30 | Sessão Temática de apresentação de trabalhos

Modalidade Comunicação oral

10h | Conferência

“Políticas e práticas em acessibilidade cultural”

Conferencistas: Prof. Dr. Jefferson Fernandes Alves (UFRN) e

Patrícia Dorneles (UFRJ)

Mediador: Tiago de Quadros Maia Carvalho (EMUFRN)

11h | Conferência de Encerramento do VII EMI

"Educação musical à distância"

Conferencistas: Dra. Dolores Tomé (Universidade de Lusófona) e

Ms. Júlio César de Melo Colabardini (EMUFRN)

Mediador: Agamenon de Morais (EMUFRN)

12h | Apresentação musical: Grupo Pau e Lata

12h | Encerramento do VII EMI

Contatos da Seção de Referência:

Telefone:  (83)3216-7105
E-mail:  referencia@biblioteca.ufpb.br
Chat: Fale com o Bibliotecário