Você está aqui: Página Inicial > Contents > Menu > Bacharelado
conteúdo

Bacharelado

por danielrocha publicado 14/12/2015 09h11, última modificação 27/10/2017 10h14

Finalidade e Objetivos do Curso

O Curso de Bacharelado em Ciências Sociais fornecerá aos estudantes uma formação teórico-metodológica sólida em torno das áreas de Antropologia, Ciência Política e Sociologia, provendo instrumentos para estabelecer relações com a pesquisa e a prática social. A Estrutura Curricular do Curso deverá estimular a autonomia intelectual, a capacidade analítica dos estudantes e uma ampla formação humanística, objetivando abrir um campo de possibilidades com alternativas de novas trajetórias.

 

Perfil do Profissional

O aluno formado pelo Curso de Bacharelado em Ciências Sociais estará capacitado a desenvolver atividades de pesquisa, seja na área acadêmica ou não-acadêmica, como também, atuará nas áreas de planejamento, consultoria, formação e assessoria, conforme a formação especifica e complementar relativas ao seu campo de conhecimento.

 

Campo de Atuação

O Bacharel em Ciências Sociais poderá atuar como professor-pesquisador e também nas áreas de planejamento, consultoria, formação e assessoria, junto a empresas públicas, empresas privadas, organizações não-governamentais, instituições governamentais, partidos políticos, movimentos sociais e atividades similares.


Histórico do Curso

O Curso de Bacharelado em Ciências Sociais iniciou suas atividades em 1994, vinculado ao Departamento de Ciências Sociais da UFPB, conforme Resolução 04/93 do CONSUNI. Oferecia-se, no então denominado “Curso de Ciências Sociais”, 40 vagas a alunos ingressantes na Universidade, no período diurno, que deveriam cumprir 184 créditos distribuídos em 2760 horas/aula, inclusive a redação de uma monografia de conclusão de curso. O sistema era aquele seriado semestral, composto por disciplinas com pré-requisitos próprios, obrigando o aluno a obedecer uma estrutura curricular bastante definida e pautando-se essencialmente pela estreita proximidade ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia, já datando de 1979, e pelas linhas de pesquisa desenvolvidas junto àquele Programa das quais resultaram, mediante convênios com órgãos de financiamento e outras universidades do país, trabalhos de envergadura nacional. Finalmente, em processo encaminhado em 1998, o Curso de Graduação em Ciências Sociais da UFPB foi reconhecido e aprovado pela Comissão de Ensino Superior do Conselho Nacional de Educação (parecer no. 217/2000), tendo obtido, conforme o mesmo parecer, o conceito “B”. Desde então, o Curso passou por duas mudanças: uma primeira, apresentada ao CONSEPE ainda em 1997, consistiu numa pequena alteração referente aos pré-requisitos seriados obrigatórios. Uma segunda modificação, exposta no Projeto Político Pedagógico aprovado pelo CONSEPE em fevereiro de 2000 foi mais alentada: obedecia às diretrizes da LDB 9394/96 e visava atenuar a rigidez, considerada excessiva, da estrutura curricular. Passou o agora denominado Curso de Bacharelado em Ciências Sociais a uma estrutura curricular bem mais flexível (incluindo o sistema de “dependência” para os alunos reprovados em até 2 disciplinas e um número considerável de “atividades de conteúdo livres” no cômputo final dos créditos a serem cumpridos pelos alunos), organizada em torno de 2.325 horas num total de 155 créditos.