Você está aqui: Página Inicial > Contents > Menu > Antropologia > Formulários Alunos

Formulários Alunos

por Antropologia publicado 02/02/2018 16h06, última modificação 13/03/2019 17h54
Escolha de orientador por Antropologia — última modificação 20/02/2019 22h11
A partir do 6º período os alunos começam a fazer o Estágio Supervisionado. A proposta das três disciplinas de Estágio I, II e III e TCC é preparar o estudante para o desenvolvimento de uma pesquisa ampliada, exercitando o conhecimento adquirido no curso, desde o momento da confecção de um projeto de pesquisa, passando pela análise bibliográfica, trabalho de campo e relação entre teoria e campo, na escrita final do trabalho. Neste momento vocês devem escolher quem vai orientá-los, um docente que acompanhará o estudante ao longo desses quatro períodos. ESCOLHENDO A ORIENTAÇÃO A escolha do orientador ou orientadora é um momento importante para o aluno. Este será o tutor que deverá orientá-lo na confecção de seu trabalho de conclusão de curso ao longo dos próximos períodos. O processo de efetivação da orientação passa inicialmente pela consulta do aluno ao docente, que poderá aceitar ou não a orientação. Tendo a aceitação, é hora de formalizar a orientação através de documentação específica, disponível na Coordenação do Curso. O compromisso com a pesquisa é fundamental. Cada um dos estágios tem cerca de 90 horas/aula, que devem ser cumpridas através de cronograma estabelecido no início de cada período com o orientador. Neste cronograma já podem estar definidas as metas do período, número de encontros, material teórico a ser buscado e estudado, textos a serem produzidos, etc. Sendo assim, é imprescindível manter os prazos e metas estabelecidas com o tutor. Algumas reflexões são fundamentais antes da escolha: 1. É importante que o aluno tenha uma boa relação profissional com o orientador. 2. O aluno deve levar em consideração a linha de pesquisa do orientador, se tem relação com a sua proposta de TCC, para que o tutor possa auxiliá-lo na área de estudo escolhida. 3. O orientador estará disponível para auxiliar o aluno, mas a iniciativa e interesse devem ser do estudante no cumprimento de metas estabelecidas. 4. Caso sinta necessidade, e com a anuência do orientador, o aluno pode buscar uma co-orientação de professor que complemente a tutoria na temática estudada.
Opção de Habilitação por Antropologia — última modificação 20/02/2019 22h30
Até o final do 5º período do curso de Antropologia os alunos devem preencher formulário de opção de áreas de concentração (Antropologia Social ou Antropologia Visual), a fim de dar continuidade à participação em disciplinas de cada uma destas.
Solicitação para dispensa de disciplina por Antropologia — última modificação 02/02/2018 16h13
Solicitação de Exercícios Domiciliares por Antropologia — última modificação 20/02/2019 22h19
O regime de exercícios domiciliares é previsto na Resolução nº. 16/2015 do CONSEPE (Título XIX - Capítulo I – Art.221 - 228), sendo requerido pelo interessado à coordenação do curso. O regime de exercícios domiciliares como compensação da ausência às aulas aplica- se: I – à aluna gestante, durante 90 (noventa) dias, a partir do 8º (oitavo) mês de gestação, desde que comprovado por atestado médico; II – à aluna adotante, durante 90 (noventa) dias, a partir da data da guarda, desde que comprovada por decisão judicial; III – ao estudante portador de afecção que gera incapacidade física relativa, incompatível com a frequência aos trabalhos escolares, desde que se verifique a conservação das condições intelectuais e emocionais necessárias para o prosseguimento da atividade escolar em novos moldes; IV – aos participantes de congresso científico, de âmbito regional, nacional e internacional; ou. V – aos participantes de competições artísticas ou desportivas, de âmbito regional, nacional e internacional, desde que registrados como participantes oficiais.
Termo de autorização para publicação na Biblioteca.pdf por Antropologia — última modificação 02/02/2018 16h17
Formulário de Empréstimo de Equipamento - ARANDU por Antropologia — última modificação 20/02/2019 22h22
Os equipamentos do Arandu são de uso exclusivo para atividades relacionandas à Graduação. O empréstimo está condicionado à assinatura de formulário pelo docente que solicitou a atividade, sendo vedada a saída de material sem o correto preenchimento do documento.
Beca - Termo de responsabilidade por Antropologia — última modificação 15/06/2018 08h22
FORMULÁRIO - DISPENSA DE TÓPICOS ESPECIAIS (CONTEÚDOS COMPLEMENTARES FLEXÍVEIS) EM ANTROPOLOGIA.pdf por Antropologia — última modificação 20/02/2019 22h26
Os Conteúdos Complementares Flexíveis são instituídos pelo Regulamento dos Cursos Regulares de Graduação da Universidade Federal da Paraíba (Resolução 16/2015). A proposta é que estimulem atividades que possibilitem a ampliação do aprendizado para além da sala de aula. No curso de Antropologia esses conteúdos equivalem a 120 horas/aulas, instituídos pela Resolução CAA 01/2018. Na Resolução CAA/2018 apresentamos uma tabela com a equivalência entre horas/aulas e atividades de conteúdos flexíveis, que incluem encontros científicos, projetos de pesquisa e extensão, estágios não obrigatórios e outros. Os discentes devem, até o final do curso, reunir os comprovantes de participação nestas atividades e solicitar o aproveitamento destas atividades a partir da apresentação de formulário junto com cópia dos comprovantes. A Resolução CAA 01/2018 está disponível no site do curso.
Solicitação de Prova de Reposição.pdf por Antropologia — última modificação 13/03/2019 20h03