Você está aqui: Página Inicial > Contents > Menu > Sobre o PAPES

Sobre o PAPES

por GWEB publicado 24/03/2017 13h12, última modificação 20/08/2018 00h23

Resumo


Esse projeto visa contribuir para o desenvolvimento profissional, educacional, econômico e cultural dos indivíduos das comunidades do Vale do Mamanguape. Com esse propósito, esforços serão envidados para o fortalecimento das ações da Universidade Federal da Paraíba junto às comunidades beneficiadas com educação profissional e empreendedora, complementando com ações de auto-desenvolvimento sócio-econômico e cultural, bem como atividades que favoreçam o empreendedorismo na região. Propõe-se, para isso, o desenvolvimento de atividades educativas e empreendedoras que melhorem as condições de vida dessas comunidades. Além disso, pretende-se sensibilizar e conscientizar os envolvidos quanto aos problemas enfrentados em relação ao meio ambiente, saúde da população e gestão pública.

Metodologia


O projeto será conduzido dentro da metodologia de desenvolvimento participativo, buscando a construção coletiva entre os professores e estudantes bolsistas e voluntários, dentro das suas respectivas áreas de atuação, a saber: administração, secretariado executivo, ciências contábeis, design, ciência da computação, sistemas de informação e ecologia. Sendo assim, o material didático será preparado e os cursos e oficinas serão ministrados pelos discentes devidamente orientados pelos professores envolvidos na sua execução. Sendo assim, cada professor orientador ficará responsável pela orientação dos seminários, cursos e oficinas das suas respectivas áreas de atuação, podendo, obviamente, acontecer algumas atividades interdisciplinares que facilitarão a condução do processo de construção do conhecimento de forma ordenada e sistêmica, favorecendo, então, a integração dos saberes acadêmicos envolvidos na execução do presente projeto de extensão universitária. Para a elaboração do material didático, serão desenvolvidas leituras de textos individuais e em grupos. Para cada curso e oficina será elaborado um plano de curso no qual constarão: ementa, habilidades e competências, conteúdo programático, cronograma de encontros e referências. Durante os cursos e oficinas, acontecerão discussões dos conteúdos programados, estudos de casos e dinâmicas em grupos. A avaliação de desempenho dos (as) alunos (as) facilitadores e participantes dos cursos será contínua e estes deverão participar ativamente das atividades programadas e cumprir os prazos estabelecidos. Os meios de avaliação dos participantes serão: participação ativa durante as aulas, qualidade dos trabalhos escritos, desempenho nas discussões e seminários e exercícios de verificação da aprendizagem. Os alunos facilitadores dos cursos serão continuamente avaliados pelos professores orientadores, bem como, deverão apresentar relatórios mensais das atividades programadas e realizadas.

Objetivos Gerais

Objetivo Geral Promover e difundir o conhecimento de técnicas e ferramentas secretariais e gerenciais, visando ampliar a competência dos futuros profissionais e tendo como premissa a sustentabilidade técnica, social, econômica e cultural das comunidades do Vale do Mamanguape. Objetivos Específicos 1. Oferecer cursos e oficinas profissionalizantes, envolvendo estudantes bolsistas e voluntários, sob a orientação do professor coordenador e dos professores colaboradores desse projeto; 2. Estimular a realização de ações de responsabilidade social junto às comunidades locais por parte dos estudantes empreendedores dos cursos de Secretariado Executivo Bilíngüe, Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Design e Ecologia; 3. Contribuir para o desenvolvimento da comunidade, proporcionando bem estar e soluções fundamentadas nos conhecimentos produzidos pela UFPB; 4. Introduzir a atividade de extensão e produção de conhecimento na formação dos estudantes dos cursos ligados ao projeto; 5. Envolver os adolescentes, jovens e adultos destas comunidades em atividades educacionais, empreendedoras e profissionalizantes como palestras, oficinas e seminários sobre temas ligados à profissionalização, empreendedorismo social, meio ambiente, responsabilidade social, desenvolvimento sustentável, ética e gestão pública; 6. Incentivar e acompanhar o desenvolvimento das habilidades empreendedoras das pessoas envolvidas no projeto, objetivando o desenvolvimento sustentável dos possíveis negócios identificados ao longo do projeto; 7. Promover parcerias com organizações públicas, privadas e do terceiro setor que possam contribuir para a educação empreendedora e o desenvolvimento profissional dos adolescentes, jovens e adultos das comunidades envolvidas; 8. Estimular habilidades conceituais, técnicas, humanas e artístico-culturais; 9. Despertar os alunos e as comunidades envolvidas quanto à importância da educação profissionalizante continuada; 10. Integrar a comunidade acadêmica às comunidades locais e ao meio empresarial, através da vivência de práticas de responsabilidade ambiental, educacional e social.

Resultados Esperados


O problema da educação no Vale do Mamanguape, assim como no Brasil, é desafiante. Faltam escolas, professores, material didático e capacitação para os profissionais de educação. Percebe-se a ausência de um modelo familiar onde os pais sejam alfabetizados, tenham uma profissão e um trabalho, oferecendo condições aos filhos para estudar e se tornarem adultos capazes de construir um futuro promissor. Convive-se, diariamente, com uma realidade onde os pais não conseguem emprego porque não têm alfabetização, capacitação técnica e onde todos têm que dar um “jeitinho brasileiro” para sobreviver. Todos, inclusive os adolescentes e jovens, têm que se submeter a subempregos. O elevado índice de desemprego da comunidade deve-se, entre outros fatores, à baixa capacitação técnica e profissional que reduz as oportunidades de inserção no mercado de trabalho. Considerando esse fato, pretende-se com o presente projeto de extensão contribuir e facilitar esse processo de formação e desenvolvimento profissional por meio dos seminários, oficinas e cursos a serem oferecidos às comunidades envolvidas no projeto. É válido ressaltar a possibilidade de implementar parcerias com outros órgãos ou entidades que propiciem o ingresso de pessoas da comunidade em estágios nas organizações ou facilitem o acesso a uma vaga no mercado de trabalho. Diante dos problemas identificados e das ações aqui propostas, percebe-se a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, uma vez que os estudantes dos cursos de Secretariado Executivo Bilíngüe, Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Design e Ecologia envolvidos no projeto estabelecerão, durante os cursos, seminários, oficinas e palestras, contato direto com pessoas das comunidades do Vale do Mamanguape, oportunizando-os desenvolver suas habilidades conceituais, técnicas, interpessoais e intrapessoais e levando-os a identificar problemas e situações que sejam objeto de futuros projetos de pesquisas. Vale ressaltar, inclusive, que as ações desenvolvidas no presente projeto estarão atreladas às pesquisas desenvolvidas na linha de pesquisa “Gestão do Conhecimento e Empreendedorismo na Educação” que o coordenador do projeto lidera no Núcleo de Estudos sobre Organizações e Sociedade já cadastrado no CNPq. Não resta dúvidas, então, de que os discentes estarão empregando os conhecimentos adquiridos em sala de aula, fazendo o elo fundamental entre a teoria e a prática.