Você está aqui: Página Inicial
conteúdo
1 itens atendem ao seu critério.
Filtrar os resultados
Tipo de item






Notícias desde



Ordenar por relevância · data (mais recente primeiro) · alfabeticamente
Arquivo PDF document AS DIMENSÕES DO SAGRADO E DA CIDADANIA NO ASSENTAMENTO MACEIÓ-CE
por Maria de Fátima Ferreira Rodrigues última modificação 29/11/2016 09h00 — registrado em: , , ,
Publicado na Mercator - Revista de Geografia da UFC, ano 03, número 05, 2004. Resumo: Neste trabalho discutimos algumas práticas sociais que permeiam o cotidiano dos camponeses e pescadores do Assentamento Maceió, localizado no Município de Itapipoca, Litoral Norte do Ceará. Apoiada em pesquisa documental, bibliográfica e nas observações registradas ao longo dos diversos trabalhos de campo, tecemos algumas considerações que estão relacionadas ao campesinato brasileiro e, por conseguinte, ao grupo social residente no Assentamento Maceió. Enfatizamos como se dá, nesta localidade litorânea, a relação tempo-espaço entendendo que a mesma está intrinsecamente interligada com a reprodução econômico-social e cultural dos camponeses. A partir desta compreensão inferimos que a delimitação dos espaços sagrados e produtivos nesta área de estudo, expressa o modo de vida local com toda significação que o processo de reprodução social a engendrou. Todavia, os projetos turísticos propostos por empreendedores que chegam àquela localidade litorânea, distanciam-se do que almeja o grupo social em evidência e, por conseguinte, têm ocorrido manifestações de resistência contrárias aos mesmos. Palavras chave: campesinato, Assentamento Maceió, espaço-tempo, modo de vida.
Localizado em Contents / / Publicações / Artigos