Você está aqui: Página Inicial > Contents > Menu > MPPGAV > Apresentação / Público Alvo

Apresentação / Público Alvo

por mateus publicado 24/08/2017 14h11, última modificação 05/05/2018 15h20

O Mestrado Profissional em Políticas Públicas, Gestão e Avaliação da Educação Superior - MPPGAV do Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba - UFPB foi autorizado pela Resolução 05/2012 do CONSUNI de 22 de maio de 2012 e criado pela Resolução nº 12/2012 do CONSEPE de 22 de maio de 2012 destinado aos servidores técnicos administrativos das IFES no Estado da Paraíba, e tem como objetivo preparar o servidor técnico administrativo voltado para formação teórica sobre políticas públicas de gestão e avaliação da educação superior de modo a possibilitar oportunidades de reflexão crítica, produção e socialização de projetos inovadores e socialmente relevantes. O Mestrado, aprovado pelo Comitê Técnico e Científico (CTC) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) em 2014. O funcionamento do curso teve inicio em 13 de março de 2015. O curso está vinculado ao Centro de Educação/UFPB e integra o rol de cursos da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPG) da UFPB. De acordo com a nova Resolução do CONSEPE/UFPB, nº19/2015, (que revoga a Resolução 13/2012 do CONSEPE) o curso passa a ser destinado aos servidores técnicos administrativos de Instituições do Ensino Superior, seja Federal, Estadual ou Municipal. 

A criação do Mestrado Profissional em Políticas Públicas, Gestão e Avaliação da Educação Superior – MPPGAV atende às demandas dos servidores públicos federais desta e de outras instituições federais no Estado, por oportunidades de capacitação oferecidas pela própria Universidade Federal da Paraíba – UFPB- estando inserida no conjunto de políticas de capacitação dos servidores atualmente desenvolvidas no âmbito das IFES e, particularmente, da UFPB, por meio do seu PDI. Dessa forma espera-se suprir uma lacuna na formação do atual quadro de servidores da UFPB fornecendo novas oportunidades para qualificação e requalificação ao articular a experiência no desenvolvimento de suas tarefas cotidianas com uma sólida formação teórica, de modo a erigir novas habilidades e competências que contribuam para que consigam encontrar respostas aos novos desafios que a sociedade demanda das Universidades públicas. A formação de recursos humanos na área de Políticas Públicas, Gestão e Avaliação se constitui em ação de grande importância na medida em que a sociedade do conhecimento impõe novas formas de gestão, tecnologias administrativas capazes de responder aos desafios da governança pública do presente. Assim, espera-se também que este relevante curso de pós-graduação (stricto sensu) contribua para pensar alternativas diante dos novos desafios da universidade contemporânea – sejam desafios internos no âmbito da gestão, da burocracia, estrutura e financiamento - quanto externos – envolvendo questões sociais, econômicas e culturais.

OBJETIVO GERAL:                                                                                                                                                                       Formar profissionais com capacidade teórico-analítica e operacional para compreender e avaliar políticas públicas a partir de uma perspectiva interdisciplinar crítica e prática que, enfatize as relações entre o sistema mundial e as políticas públicas nacionais e locais, bem como criar possibilidades metodológicas que permitam ao servidor um desempenho e um diálogo institucional aprimorado diante das exigências das políticas em curso.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:                                                                                                                                                         a) desenvolver estudos que articulem metodologias quantitativas e qualitativas capazes de instrumentalizar a análise de políticas públicas na sua concepção, gestão, financiamento e avaliação; b) viabilizar a produção de metodologias de avaliação de políticas públicas por meio de interfaces e contribuições teórico-metodológicas das áreas do conhecimento envolvidas capazes de contribuir pára o aprimoramento dos serviços ofertados no âmbito da IFE e c) contribuir para a melhoria do perfil profissional e da prática dos servidores técnicos administrativos das instituições federais no Estado da Paraíba, como agente social comprometido com a competência, criticidade e qualidade para a educação superior.

PÚBLICO ALVO:                                                                                                                                                                      São ofertadas até 40 (quarenta) vagas, sendo distribuídas da seguinte forma: Até 30 (trinta) vagas para servidores técnico-administrativos do quadro ativo permanente da UFPB que estejam comprovadamente em efetivo exercício na Instituição; Até 10 (dez) vagas para servidores técnico-administrativos do quadro ativo permanente de outras Instituições Públicas de Educação Superior que estejam comprovadamente em efetivo exercício.