Você está aqui: Página Inicial > Contents > Notícias > As diferenças entre whisky e cachaça (Fonte: Mapa da Cachaça).
conteúdo

Notícias

As diferenças entre whisky e cachaça (Fonte: Mapa da Cachaça).

Entenda as principais diferenças entre whisky e cachaça e quebre alguns preconceitos sobre bebidas feitas a partir da cana-de-açúcar.
publicado: 02/03/2020 11h26, última modificação: 02/03/2020 11h47

whisky e cachaça são bebidas com diferentes histórias, processos de produção e sabores. Vamos abordar mais sobre o universo desses dois destilados de muita qualidade e entre os melhores do mundo.

CACHAÇA É BRASIL. WHISKY É PRODUZIDO EM QUALQUER LUGAR DO MUNDO:

história da cachaça é parte importante da história do Brasil. Os destilados de cana-de-açúcar são produzidos no país desde os primórdios do Brasil colonial, quando os portugueses trouxeram para cá a cana-de-açúcar, os alambiques e as técnicas de destilação que já praticavam em outras colônias.

Apesar da origem da cachaça ser no litoral brasileiro no século XVI, a primeira prova documentada de produção em terras brasileiras é de 1622 no livro de contas do “Engenho de Nossa Senhora da Purificação de Sergipe do Conde”.

Já o berço do whisky foi provavelmente em mosteiros na costa setentrional da Irlanda por volta do século XII, quando os celtas aprenderam as técnicas de destilação com os árabes.

Mas o primeiro documento oficial que registra a produção de whisky é de 1494 na Escócia, nos Pergaminhos do Tesouro Público (Rolls of the Exchequer), em que consta um pedido de malte para a produção da aquavitae, a água da vida.

Apesar de existir uma identificação muito grande do whisky com Escócia, Irlanda e Estados Unidos, o destilado de grãos pode ser produzido em qualquer lugar do mundo. Inclusive, os japoneses são considerados já exímios produtores.

Veja mais em: