Você está aqui: Página Inicial > Contents > Publicações > Artigos > LUTA CAMPONESA PELA TERRA E FORMAÇÃO DE NOVAS TERRITORIALIDADES NO LITORAL SUL PARAIBANO
conteúdo

LUTA CAMPONESA PELA TERRA E FORMAÇÃO DE NOVAS TERRITORIALIDADES NO LITORAL SUL PARAIBANO

por Aline Barboza de Lima última modificação 24/01/2017 12h25
Publicado na Mercator - Revista de Geografia da UFC, ano 08, número 15, 2009. Resumo: Neste trabalho, analisamos a luta camponesa pela terra e a sua relação com a criação de assentamentos rurais. Investigamos a constituição de novas territorialidades na Microrregião do Litoral Sul Paraibano, tomando como objeto de estudo os assentamentos rurais localizados no município de Pitimbu, estado da Paraíba. Inicialmente, avaliamos a atuação das Ligas Camponesas no Litoral Sul Paraibano, considerando-as dentro de um processo histórico, desenvolvido nacionalmente, de luta pela terra, desde o seu surgimento até o Golpe Militar de 1964. Posteriormente, estudamos a luta pela terra durante o processo de abertura do Regime Militar até a instalação dos primeiros assentamentos rurais no município de Pitimbu. A partir dessa pesquisa, observamos que a luta camponesa acontece num processo contínuo nessa região, entre os que dependem do território para sobrevivência imediata e aqueles que desrespeitam a função social da terra.